Datilografar é mais legal que digitar

Para o primeiro post de um blog sobre coisas, nada melhor que falar sobre uma coisa relacionada com o ato de escrever. Mais especificamente, o ato de digitar. Não, não, o ato de datilografar. Eu, que não sou tão velha assim, mas também não nasci nos anos 90, não aprendi a digitar, mas a datilografar.

Achei hoje essa foto de máquinas usadas por escritores famosos:

Quando eu era criança, minha mãe tinha uma escola de datilografia. Bem na época em que essas escolas davam seus últimos suspiros. Ela devia ter umas dez máquinas de escrever e vários livros didáticos ensinando desde o “asdfg” e “çlkjh” até  noções básicas de redação.

Sempre muito intrometida nos assuntos dos adultos, eu insisti que queria aprender a datilografar, apesar de ter só uns 7 ou 8 anos de idade. Não consegui fazer o curso inteiro do livrinho didático de datilografia, mas aprendi a escrever palavras inteiras e  caí de amores pelo barulho “tec tec tec”, altíssimo comparado com o que estamos acostumados hoje. Alguns anos mais tarde, quando comecei a digitar, quase quebrei o teclado do computador, achando que deveria usar a mesma força nas teclas.

Minha mãe foi vendendo as máquinas de escrever uma a uma, enquanto ainda existiam pessoas que queriam comprá-las. Obviamente, fechou a escolinha de datilografia e foi ganhar a vida de outra forma. Fico arrependida por não ter pedido para que ela ficasse com uma de suas Ollivetti’s.

Quando fecho os olhos e penso em algum escritor, sempre prefiro imaginá-lo sentado à máquina de escrever, sofrendo com as palavras, irritado com a pilha de papéis embolados cheios dos textos que não gostou. Datilografar é mais romântico, é mais sofrido. Talvez seja assim por ter o encanto das coisas que se tornaram obsoletas e parecem melhores agora do que quando estavam vivas. Assim como as pessoas, acho.

Anúncios

Sobre balbiemadeleine

Inventora e aprimoradora de nomes de cidades imaginárias do interior do Brasil. Se você quer criar uma cidade e não faz ideia de como ela deve se chamar, chegou ao lugar certo. Oferecemos desconto para pacotes acima de 5 cidades, desde que com menos de 10.000 habitantes.
Esse post foi publicado em palavrinhas e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Por acaso, COMENTE

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s